O que é e para que serve o Maven?

O que é e para que serve o Maven?

Hoje em dia ninguém fica reinventando a roda, existem infinidades de soluções prontas para serem utilizadas como bibliotecas e frameworks, essas soluções são distribuídas como dependência, em java é comum os arquivos “.jar”.  Geralmente algumas dessas dependência possuem um ou mais arquivos de sub dependência que torna o gerenciamento ainda mais difícil.

Então, para que serve o Maven? Ao invés do programador ficar pesquisando, gerenciando versões e baixando os arquivos  de dependência o Maven deixa de forma automatizada todo esse controle, basta inserir em sua configuração pequenos trechos de código gerados automaticamente em sites de repositório. Existe um repositório central do Maven que pode ser acessado gratuitamente (https://search.maven.org) . E também no site http://mvnrepository.com/ onde é indexado diversos outros repositórios disponível de forma bem amigável.

Após a pesquisa da dependência será disponibilizado um trecho de código xml para ser adicionado no arquivo de configuração do Maven (pom.xml) , feito isso, o Maven irá realizar o download de todos os “jars” necessários e salvará localmente em sua máquina geralmente no diretório “C:\Users\nomeDoUsuário\.m2\repository”.

Exemplo: trecho de código disponibilizado pelos os sites de repositório.


	br.com.codigovivo
	codigovivo-time
	5.1

Estrutura padrão de arquivo nos projetos Maven

O Maven segue uma estrutura básica de pasta padão:

  • src/main/java: ficam alocados os arquivos .class
  • src/main/java/resources:  ficam alocados os arquivos de configuração
  • src/main/webapp:  ficam alocados os arquivos de página como “.jsp e .html”.
  • src/main/java/resources: ficam os arquivos .java (classes) da aplicação (servlets no caso)
  • src/test/java: Aqui se encontra todos os arquivos .class destinado a teste como JUnit.
  • src/test/resources: Aqui se encontra todos os arquivos de configuração destinados a teste.

Estrutura básica do arquivo pom.xml


  4.0.0
  br.com.codigovivo
  exemplo-maven
  0.0.1-SNAPSHOT
  
    
    
  
  

Conclusão

Agora sabemos o básico de suas funcionalidades, para que serve, como funciona e um pouco de sua configuração, porém ainda existe muita outras funcionalidades além de baixar e instalar dependências como por exemplo, ele é capas de gerar builds, executar testes unitários.
Para os Próximos post iremos nos aprofundar mais nas configurações e funcionalidade. T+.

Related posts

Leave a Comment